quarta-feira, 14 de abril de 2010

Torre de Madeira para Observação

Obra : Torre de madeira com 25m de altura
Madeira : Eucalipto citriodora
Local : Igaratá – SP
Arquitetura : Alfredo Kobbaz

Este é um projeto que fiz em 2009 para um senhor que gostaria de observar a sua fazenda por sobre as árvores da mata nativa que havia em sua propriedade.
A estrutura constitui-se de uma torre em forma de treliça com os pilares inclinados, todos contraventados com vigas em forma de “X”. No eixo central foi feita uma escada em espiral, travando todos os 4 pilares centrais. Fiz um estudo da ação do vento na estrutura e, como a base da torre não é contraventada, projetei neste trecho pilares compostos que poderiam absorver os possíveis momentos fletores ou flambagem dos pilares. Acabou ficando interessante!
Creio que esta é a estrutura em madeira mais alta do Brasil, pois não tenho conhecimento de nenhuma outra neste sentido, se souberem avisem-me!

IMG_0474 IMG_0482 IMG_0501 IMG_0436 IMG_0494 IMG_0460 IMG_0400 IMG_0391 Torre Campos012 Torre Campos011 Torre Igaratá

11 comentários:

Carlos disse...

Olá Alan! A estrutura está fantastica, gostei muito. Duas perguntas, para calculo como consideras te os apoios na base? engastados ou simplesmente apoiados? foi necessario fazer algum estudo dinamico da estrutura?
Os pormenores de ligação estão fantasticos.
Muitos parabéns e continuação de um bom trabalho!

Leandro Dussarrat disse...

Alan Dias. Bom dia!Tudo bem?
No Brasil não saberia te responder de imediato, sei que o Projeto da Torre de Vigia Florestal, na dissertação do prof. GARCIA (1986), a torre proposta por ele, tem 37 metros de altura. E pelos resultados de minhas pesquisas no meu mestrado, a maior torre com Peças Roliças de Madeira, que encontrei, está localizada em Hofberg, Wil na Suíça, esta torre foi projetada no escritório do Prof. Julius Natterer Bois Consult Natterer AS, Etoy, que possui 38 metros de altura.
Abraço...
Eng. Civil Leandro Dussarrat Brito, Pós-Graduado em Engenharia de Estruturas, Pós-Graduado em Saneamento Ambiental, Mestrando Engenharia de Estruturas no LaMEM-SET-EESC-USP.

Leandro Dussarrat disse...

Alan Dias, estou concluindo a dissertação do meu mestrado no LaMEM, cujo tema é "RECOMENDAÇÕES PARA O PROJETO E CONSTRUÇÃO DE ESTRUTURAS COM PEÇAS ROLIÇAS DE MADEIRA DE REFLORESTAMENTO", financiado pela Montana Química S.A., conforme conversamos no EBRAMEM em 2008.
Vou verificar se ainda há tempo de colocar estes detalhes da torre, em anexo no capítulo das “Fichas Técnicas” de profissionais, de projetos e obras executadas com peças roliças de madeira, na minha dissertação, colocando seu nome como autoria do projeto da torre, e este endereço do blog como referência, para divulgação deste seu trabalho, ok! Abraço.
Eng. Civil Leandro Dussarrat Brito
Pós-Graduado em Engenharia de Estruturas, Pós-Graduado em Saneamento Ambiental, Mestrando Engenharia de Estruturas no LaMEM-SET-EESC-USP.

Leandro Dussarrat disse...

Qual foi o tipo de fundação que utilizou?

Estruturas de Madeira disse...

Muito obrigado Leandro!!! Boa sorte com a dissertação, me sinto lisonjeado com a citação.
Nesta obra usei blocos de 176x176x75 sobre estacas de 30cm de diâmetro, com um "cofre" de 80cm (dentro do solo) + 1,0m (acima do solo), engastando assim parcialmente os pilares principais de madeira.

Leandro Dussarrat disse...

Alan eu é que agradeço, é um prazer poder anexar este seu projeto. Pois considero importantíssimo a utilização de peças roliças de madeira de reflorestamento, como alternativa na utilização de estruturas na construção civil, favorecendo assim, o meio ambiente e em muitos casos de forma sustentável.E tenho acompanhado seu trabalho, percebendo que também está bem empenhado em utilizar madeiras provenientes do reflorestamento.
Considero, que cada um de nós fazendo nossa parte, e divulgando nossos trabalhos, iremos favorecer para o incentivo do uso da madeira reflorestada na construção civil. Isto é fundamental, pois estamos plantando sementes, para as gerações futuras.

Quais foram os diâmetros médios das peças roliças que utilizou na estrutura da torre?

Szücs disse...

Alan, belo trabalho! Meus parabéns.

Leandro Dussarrat disse...

Olá Alan. Entrei em contato com um colega do IBRAMEM, e me disse que a torre do projeto de mestrado do prof. GARCIA (1986), apesar de ter 37 metros de altura em projeto, ela não foi construída por completo.
Abraço...
Eng. Civil Leandro Dussarrat Brito, Pós-Graduado em Engenharia de Estruturas, Pós-Graduado em Saneamento Ambiental, Mestrando Engenharia de Estruturas no LaMEM-SET-EESC-USP.

Rafael Ferreira disse...

Alam,

Parabéns pela obra, está Fantastica.

abs,

Rafael Ferreira

hilton disse...

Salve Alan!
Cumprimentos pelo trabalho, pela riqueza e precisão nos detalhes. Dá orgulho mostrar o que fazes em madeira roliça (bem mais difícil do que em secções planas). Parabéns,
Arquiteto Hilton Fagundes

volguiner disse...

ALAN, PARABÉNS, ME INFORME O CUSTO DO PROJETO, A ÁREA DE BASE MÍNIMA PARA INSTALAÇÃO, QUANTO TEMPO LEVA PARA FICAR PRONTO, E SE PRECISA DE MANUTENÇÃO CONSTANTE... ABRAÇÃO...OBRIGADO